CHILE, INESQUECÍVEL!

Chegamos em Santiago do Chile, um frio intenso, só podia estávamos em julho, ficamos apenas cinco dias. Passear em Santiago do Chile tem um toque muito especial para mim, tenho pessoas muita queridas morando por lá e visitá-los é sempre um grande prazer.

Santiago possuem belas paisagens, que mistura o velho ao novo, dando um aspecto europeu a cidade, as cores das folhagens, a maneira que as pessoas se vestem, a arquitetura e o frio.

A cidade esta envolta pelas paisagens da Cordilheira dos Andes, que a torna a ainda mais deslumbrante e pelos ares de artistas tão fantásticos , como Gabriela Mistral, Pablo Neruda, Violeta Parra , Toesca, e tantos outros.

Todo esse encantamento se choca com a policia chilena, os tais ” carabineiros” como são chamados . A maneira como se vestem , como abordam os turistas, me remeteu ao autoritarismo do regime pinochetista. É verdadeiramente assustador saber que este sentimento é nada em vista do que esse povo passou durante muito tempo mas, em contra partida ,os estudantes jovens me pareceram bastante politizados, enfrentando o regime de peito aberto, as escolas fechadas por estudantes chilenos e funcionários do sistema educacional realizando manifestações e protestos contra o governo, ” ” El Paro”, a fim de obterem uma reforma no setor educacional. No mês em que estivemos lá , julho, pudemos acompanhar várias manifestações nas ruas.

Alugamos pela internet um carro e assim logo que chegamos ao aeroporto de Pudahuel,o carro já estava disponível,tínhamos a ideia de visitar vários pontos turísticos , Cordilheira, Vina Del Mar, Valparaizo, Vinículas , e conhecer a cidade de Santiago, por isso o carro era fundamental.

Ficamos hospedado em um hostel localizado no centro de Santiago” Moai Viagero” , no bairro República , na rua Toesca . Este hostel fica bem ao lado do da guarda civil, chamados pelos chilenos de carabineiros.

O Hostel era simples, porém bem acolhedor , nos sentimos muito a vontade, uma turma jovem e simpática, apesar de não ter aquecimento interno , eles dispunham de cobertas e chuveiros bem quentes, que nos deixavam aquecidos a noite. Incluso o café da manhã, servido em bandejas individuais, salada de frutas, ovos , pães, geléia, manteiga e um bom café.

Era administrado por jovens, todos homens, então a limpeza não era lá muito importante para eles, mas na medida do possível o hostel era organizado. Como já havia dito em outros post, viajar é sempre uma experiência única, os lugares, as pessoas e a cultura.

O trânsito na cidade fluía tranquilamente, ruas estreitas no centro e largas nos bairros,praças por todos os lugares.Não andamos de metrô, mas podemos ver no mapa que há varias estações, facilitando o acesso de turistas sem carro.

Em alguns prédios ainda a marcas dos terremotos sofrido, imagens impressionantes.

No centro é preciso muito cuidado com bolsas, máquinas fotográficas, isto nos foi avisado pelos próprios moradores da cidade, por isso quando forem , sejam discretos, dificil com tantas belezas a serem fotográfadas.

Como já havia dito a cidade é encantadora , começamos a conhece-la por Cerro Santa Lucia, um mirante que fica no centro de Santiago, na avenida Libertador Bernardo O’Higgins. Um espaço com construções antigas, o lugar parece que foi feito para namorados, o clima é bem romântico e do alto do morro você tem uma visão panorâmica da capital do Chile com a cadeia de montanhas dos Andes ao fundo.O passeio é gratuito e funciona das 09:00 hs até 19:00 hs.

Bem próximo ao passeio, no mesmo bairro encontra-se escultura El Caballo Gordo, de Botero , escultura de bronze feito e doado em 1992 pelo Mestre, do lado de fora do Museu de Arte Contemporânea MAC imperdível! Além de admirar a obra de Fernando Botero você pode ir ao Museo que funciona de 3ª a domingo das 10h às 17h30 e fins de semana até as 19h.

O lugar como disse , é maravilhoso!

<img src=”

Depois de ter visto as cordilheiras do alto de Santa Lucia , não pensamos em outra coisa a não ser conhecer as cordilheiras e assim fizemos….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s