Chile- Cordilheiras dos Andes

Subir as cordilheiras tende a ser um passeio muito delicado , vivencia-la não é somente se preparar para o frio rigoroso , onde a temperatura abaixa bruscamente( 1° C a cada 100 metros), ou se preocupar com a respiração pois a baixa pressão atmosférica, dificulta e muito a troca de CO2 e O2 do sangue e como bons estudantes que fomos, sabemos que isso quer dizer, não dá para respirar, mas descobri também que depende muito do seu organismo, da sua facilidade de se aclimatar. Portanto subir as Cordilheiras dos Andes requer alguns cuidados , algumas preparações , mas cada um vai sentir no corpo diferentes sensações , aclimatar ou não , só estando lá para saber, portanto não há dicas para situações como esta, apenas recomendo alguns cuidados para que a viagem seja um sucesso!

Primeiro , se prepare para o frio, é congelante, luvas são indispensáveis, quando a temperatura esta muito baixa o contato com o gelo faz com que suas mãos queimem causando uma dor insuportável, rapidamente passa , mas é assustador e nada agradável. Na estrada subindo as cordilheiras você encontra várias pessoas vendendo acessórios, comprei luvas para as crianças , próprias para o gelo , de material plástico por fora não molhando e lã por dentro aquecendo, pechinchamos como sempre e o preço foi bem acessível, as crianças puderam brincar a vontade!

Nesta foto , minha filha queimou suas mãos porque havia tirado as luvas.

Roupas próprias para andar na neve são caras e se não estiverem dispostos a gastar muito e encher o guarda-roupa de coisas que não vão usar tão cedo, aconselho ir a um bom brejo, no centro de Santiago tem vários, fui na rua Bandera que fica no Centro , próximo a Plaza das armas, você vai encontrar mil acessórios , casacos bem quentes, de marcas famosas e com preços muito acessíveis, encontramos uma bota australiana ugg semi nova para não dizer nova, com etiqueta por 30 dólares, casacos novos por 20 dólares,só garimpar que vocês vão encontrar muitas coisas interessantes e baratas. Para a neve, o ideal são casacos impermeáveis (nylon ou tecidos que não deixam a chuva entrar), de preferência resistentes também ao vento. Não se esqueça de comprar somente o indispensável, porque esse tipo de roupa pesa na mala e a volta há limite de bagagem no avião. É possível alugar roupas próprias e equipamentos de esqui no local mesmo, mas vai preparado , não é muito barato.

Botas, indispensáveis! Precisam ser próprias para a neve, é um acessório muito importante porque a neve vira água e molha tênis, sapatos de pano,botas de pano, e ficar com os pés molhados nesse passeio não é nada agradável, alias é uma situação que acaba com qualquer passeio. Não esqueça os óculos de sol, impossível enxergar sem ele no meio de tanto branco.

Farellones : Quem estiver sem carro a melhor opção é o microônibus, o ponto de saída desses ônibus em Santiago é avenida Apoquindo, a quatro quadras da estação de metrô Escuela Militar (última estação da Línea 1, vermelha). Saídas diárias, das 7h30 às 21h, outras empresas que fazem o serviço (do Forum SnowBrasil), a Skitotal é uma das mais conhecidas (custa 12000 pesos, cerca de R$41 reais, ida e volta, por pessoa) e saem de Apoquindo 4900 (metrô Hernando de Magallanes), entre 8:00am – 8:30am

Na subida é obrigatório o uso das correntes nos pneus dos carros , ônibus e vans, você pode alugá-las por um preço mais acessível no começo da subida, a colocação das correntes acorre mais adiante nos lugares sinalizados, há vários homens ao longo da subida disponíveis para colocá-las, pagando é claro, o mesmo acontece na descida , aproveite esse momento de pausa para tirar belas fotos no meio das montanhas, demora um pouco a colocação das correntes.

Depois de colocadas o som das rodas fica muito estranho, parece que vai sair, fica pulando mas , com o tempo você se acostuma e esquece , há malucos que tiram as correntes na hora errada, derrapando e causando acidentes e isto gera filas enormes na subida, um carro atras do outro, mas tudo é válido, só de estar nos Andes…

Alugar equipamentos não é barato, só equipamento para adulto custa $34 e para criança $28 , mas é muito bacana alugar , só pra se divertir, mesmo não sabendo esquiar. Em Farellones tem uma área segura para crianças e adultos brincarem , o famoso “esqui-bunda”, lá não há problemas de cair, porque todos caem!

A alta temporada de esqui em Farellones começa em 8 de julho e vai até 28 de julho, portanto muitos turistas, tornando tudo muito caro com filas enormes , aconselho prepararem lanches, bebidas quentes em garrafas térmicas e um bom vinho para brindar a chegada ao alto das cordilheiras, nos supermercados os preços são absurdamente baratos e a variedade de vinho bom nem se fala.

<
Brindamos pela chegada, nunca imaginei que poderiamos um dia estar ali, naquele esplendor de neves e montanhas, um silêncio tranquilizador, que privilégio!

Aproveitem o máximo só não deixem para ir embora no ultimo horário , a nevasca é assustadora, a paisagem muda, tudo começa a sumir, a pista de esqui, as lojinhas os carros ficam lotados de gelo, a temperatura cai derrepentemente, parece que o mundo vai acabar, tudo que você vê é uma massa densa de nebrina.


Manoel de Barros “A poesia aí nasce da observação de uma paisagem comum, a da Cordilheira dos Andes, distante e perdida no horizonte, capaz, no entanto, de provocar a inspiração poética, que não advém como uma iluminação e sim como uma iluminura (como um pequeno ornato).”

Assistam o vídeo ao som de Violeta Parra…..


http://www.youtube.com/watch?v=Lc78Oj6y69w&feature=plcp

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s